24 Maio de 2017
Hoje - Nublado
MIN 21º - MAX 26º
Webmail

Notícia no detalhe

Rosinha anuncia Centros para dependentes químicos e mais creches

A Prefeita Rosinha Garotinho anunciou a implantação de dois Centros de Tratamento e Recuperação para Dependentes Químicos no município e a construção de mais quatro creches, sendo uma delas com sistema 24 horas. O anúncio foi feito na manhã deste sábado (26), durante o lançamento oficial de implantação da vacina contra Hepatite A no calendário municipal de imunização.
   
O evento aconteceu no Centro de Saúde de Guarus Dr Henrique Oliveira, no Jardim Carioca, em Guarus, e contou com a participação do Ministro de Estado da Saúde, Alexandre Padilha; do deputado federal, Anthony Garotinho; e da deputada estadual, Clarissa Garotinho.
   
- Assinei hoje a desapropriação de uma área em um Hotel Fazenda belíssimo, em Morro do Coco, para a implantação do Centro de Recuperação para Dependentes Químicos, que vai oferecer atendimento especializado para pessoas acima de 18 anos. Estamos avaliando um segundo imóvel em Espinho, na Baixada Campista, que foi cedido à Prefeitura, para implantar o segundo Centro, a fim de garantir o mesmo serviço a crianças e adolescentes, pois os atendimentos devem ser diferenciados - afirmou a prefeita.
   
Rosinha afirmou que as quatro novas creches que serão construídas na cidade representam benefícios garantidos pelo deputado federal Anthony Garotinho, durante o lançamento do projeto de implantação de creches do governo federal, na última quinta-feira (24), com a Presidente da República, Dilma Rousseff. A solenidade aconteceu no Salão Nobre do Palácio do Planalto, em Brasília. Ao todo, serão construídas 718 unidades escolares em 419 municípios. A medida integra o Programa Federal Pró-infância e será desempenhada com recursos provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).
   
- Garotinho está me ajudando muito. Uma das quatro creches será construída atrás do Hospital Ferreira Machado, em terreno que pertence à própria unidade hospitalar, e funcionará durante 24 horas, para atender aos profissionais do hospital, que não têm com quem deixar seus filhos. Enquanto esses funcionários estiverem no hospital ajudando a salvar vidas, a prefeitura vai estar cuidando dos filhos deles - adiantou Rosinha.
   
A participação do deputado federal na solenidade, ao lado da Presidente Dilma, gerou outros resultados positivos para o município, como a confirmação da visita do ministro de Estado da Educação, Fernando Haddad, a Campos. “Vamos informar a data nas próximas semanas. O ministro virá para anunciar parcerias com o município”, afirmou o deputado federal. Com a vinda de Haddad, esse será o 3º ministro que a Prefeita Rosinha recebe em apenas 2 anos de gestão municipal. Além de Padilha, o ex ministro da Igualdade Racial, Edson Santos, esteve em Campos 2 vezes.
  
PSF – Durante a solenidade, a Prefeita Rosinha lembrou que a portaria de posse dos 28 aprovados no concurso público municipal para a Estratégia Saúde na Família (ESF) – anteriormente denominado Programa Saúde na Família (PSF) – será publicada na próxima terça-feira (29), no Diário Oficial do município. “Vamos receber os concursados do ESF com muito carinho. Estamos cumprindo o prazo estabelecido pelo edital do concurso público. Campos é a única cidade do país onde o ex Ministro da Saúde teve que intervir e suspender o programa, em 2008, porque estavam usando de forma errada o dinheiro público. Mas estamos trabalhando para reativá-lo”, explicou.
   
Ações - A prefeita fez um balanço das ações de governo na área de saúde e destacou o Programa Emergência em Casa, que já atendeu mais de 14 mil vidas, ajudando a salvar vidas. Ela falou, ainda, sobre a reforma de 60 das 72 das Unidades Básicas de Saúde (UBS) e do Hospital Ferreira Machado. As vacinas implantadas no Calendário municipal de Imunização – contra HPV, varicela, hepatite A e antipneumcócica 13-valente – também foram destacadas, assim como as UBSs 12h.
   
- Ampliamos a relação de medicamentos da farmácia básica e a oferta de exames de mamografia para as mulheres acima de 40 anos; implantamos a Gestão Plena, que já poderia ter sido implantada há muito tempo; renovamos a frota de ambulâncias, descentralizamos a marcação de consultas especializadas e de exames especiais, além da coleta de material para exames laboratoriais simples, criando diversos pólos, entre outros. Agora, eu te pergunto: a Saúde tem problemas? Claro que tem. Mostre-me um lugar do mundo onde não tenha. Mas os de Campos, estamos resolvendo -  garantiu Rosinha.

Por: Kamilla Uhl - 26/03/2011 15:23:00